Torcedores reclamam e PROCON quer retirar rede de segurança da Arena

Torcedores adversários reclamaram da visibilidade do espaço no Allianz Parque. Clube alega recomendação das autoridades de segurança

A Fundação Procon-SP informou nesta quarta-feira, 14, que agendou para a próxima sexta-feira, 16, um encontro com o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, no Allianz Parque, para propor a retirada da rede de proteção instalada no setor visitante do estádio – uma exigência da Polícia Militar que vem sendo alvo de reclamações de torcedores de diversas equipes.

rede-protecao-arena-palmeiras

O Procon solicitou a presença de algum representante da Polícia Militar e do Palmeiras, “para que juntos busquem uma solução, que deve ser a retirada da rede”.

No último domingo 11, torcedores do Bahia usaram as redes sociais para reclamar da falta de visibilidade no setor e também do preço dos ingressos, que ultrapassavam 100 reais.

Segundo o Procon, “não há como manter uma tela atrapalhando a visão do torcedor, implicando em uma abusividade na relação de consumo, com prejuízo inaceitável para o consumidor.”

A rede foi colocada no Allianz Parque por ordem da Polícia Militar para que não fossem mais arremessados objetos do setor visitante em direção a arquibancada inferior, destinada a palmeirenses, como ocorreu em algumas partidas.